Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
População precisa ajudar no combate a dengue

Foram contabilizados 776 focos do Aedes Aegypti

Terça, 7/7/2020 17:58.
Divulgação/PMBC

Publicidade

Apesar do frio, os números da dengue não páram de crescer em Balneário Camboriú: no início desta semana, o Programa de Combate a Dengue registrou 776 focos do Aedes Aegypti com 249 casos confirmados da doença. Destes, 195 são autóctones (contraídos no município), 52 são indeterminados e dois são casos importados (contraídos em outro município).

O Centro lidera o número de focos: 214. Depois Nações Nações (80), Nova Esperança (63), Ariribá e Barra (56 cada) e Estados (49).

Nesta semana os agentes de combate às endemias seguem com vistorias nos imóveis e terrenos dos bairros Centro e Estados. É importante permitir o acesso, eles estão uniformizados e usam equipamentos de proteção contra a Covid.

A Ouvidoria Municipal recebe denúncias (47) 3267-7024, 0800 644 3388, ou Whatsapp (47) 99982-1979 e a equipe vai verificar in loco.

A coordenação do Programa pede que as pessoas ajudem no controle à doença, observando os cuidados em suas casas, para que o mosquito não se reproduza. Além da dengue ele transmite chikungunya e Zika, todas doenças graves.

Dicas

  • Coloque areia nos pratos ou deixem sem pratos;
  • Piscinas devem ser mantidas limpas o ano todo;
  • Telar os ralos;
  • Recolher e acondicionar o lixo em local coberto;
  • Cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados.

Informações: Secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

População precisa ajudar no combate a dengue

Foram contabilizados 776 focos do Aedes Aegypti

Publicidade

Terça, 7/7/2020 17:58.

Apesar do frio, os números da dengue não páram de crescer em Balneário Camboriú: no início desta semana, o Programa de Combate a Dengue registrou 776 focos do Aedes Aegypti com 249 casos confirmados da doença. Destes, 195 são autóctones (contraídos no município), 52 são indeterminados e dois são casos importados (contraídos em outro município).

O Centro lidera o número de focos: 214. Depois Nações Nações (80), Nova Esperança (63), Ariribá e Barra (56 cada) e Estados (49).

Nesta semana os agentes de combate às endemias seguem com vistorias nos imóveis e terrenos dos bairros Centro e Estados. É importante permitir o acesso, eles estão uniformizados e usam equipamentos de proteção contra a Covid.

A Ouvidoria Municipal recebe denúncias (47) 3267-7024, 0800 644 3388, ou Whatsapp (47) 99982-1979 e a equipe vai verificar in loco.

A coordenação do Programa pede que as pessoas ajudem no controle à doença, observando os cuidados em suas casas, para que o mosquito não se reproduza. Além da dengue ele transmite chikungunya e Zika, todas doenças graves.

Dicas

  • Coloque areia nos pratos ou deixem sem pratos;
  • Piscinas devem ser mantidas limpas o ano todo;
  • Telar os ralos;
  • Recolher e acondicionar o lixo em local coberto;
  • Cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados.

Informações: Secretaria de Saúde (47) 3261-6200


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade