Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Deputada Anna Carolina busca recursos para conclusão do Hospital Marieta

Quinta, 27/2/2020 17:58.
A deputada em busca de recursos

Publicidade

A deputada Anna Carolina Martins (PSDB) está empenhada na busca de recursos para a conclusão das obras de ampliação do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Ela já se reuniu com os secretários de Saúde, Helton Zeferino, e da Casa Civil, Douglas Borba, para tratar da questão. Conforme a deputada, o governo do Estado irá repassar R$ 2,1 milhões durante o mês de março para a retomada das obras.

“Estamos acompanhando esse processo que agora só depende do repasse pela Secretaria da Fazenda”.

Uma indicação apresentada pela parlamentar solicitando ao governador Carlos Moisés urgência na liberação de recursos que garantam a finalização da obra e aquisição de equipamentos e mobiliário foi aprovada pelo Plenário da Assembleia Legislativa.

Desde 2012

A ampliação do hospital, com a construção do Complexo Madre Teresa, se arrasta desde 2012. Com 88% concluída, a obra da nova torre de 15 andares está parada desde novembro de 2018. Com a ampliação o hospital passará a ter 614 leitos hospitalares - 89% dos atendimentos realizados hoje na unidade são pelo SUS.

“Queremos a concretização da ampliação do Hospital Marieta, com o dobro de leitos, sendo o maior hospital de Santa Catarina e atendendo a população dos 11 municípios da região da Amfri com a qualidade que ela merece”, afirma Anna Carolina.

Prevenção contra o câncer

A deputada também cobra do governo do Estado a substituição do atual aparelho de mamografia instalado no Hospital Marieta, que é analógico, por um equipamento digital. Cerca de 200 mulheres fazem exame de mamografia todos os meses na unidade.

Além de melhorar a qualidade da imagem, o equipamento digital é mais muito mais ágil.

“Estamos falando de um equipamento que custa cerca de R$ 800 mil, que produz imagens em 14 segundos, enquanto o atual, quando não está quebrado ou em manutenção, demora 30 minutos. O câncer de mama é o segundo tipo da doença que mais mata no Brasil. Atender mais mulheres, significa salvar mais vidas”, afirmou a deputada na tribuna da Assembleia Legislativa.


Fonte: Assessoria de Comunicação


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
A deputada em busca de recursos
A deputada em busca de recursos

Deputada Anna Carolina busca recursos para conclusão do Hospital Marieta

Publicidade

Quinta, 27/2/2020 17:58.

A deputada Anna Carolina Martins (PSDB) está empenhada na busca de recursos para a conclusão das obras de ampliação do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Ela já se reuniu com os secretários de Saúde, Helton Zeferino, e da Casa Civil, Douglas Borba, para tratar da questão. Conforme a deputada, o governo do Estado irá repassar R$ 2,1 milhões durante o mês de março para a retomada das obras.

“Estamos acompanhando esse processo que agora só depende do repasse pela Secretaria da Fazenda”.

Uma indicação apresentada pela parlamentar solicitando ao governador Carlos Moisés urgência na liberação de recursos que garantam a finalização da obra e aquisição de equipamentos e mobiliário foi aprovada pelo Plenário da Assembleia Legislativa.

Desde 2012

A ampliação do hospital, com a construção do Complexo Madre Teresa, se arrasta desde 2012. Com 88% concluída, a obra da nova torre de 15 andares está parada desde novembro de 2018. Com a ampliação o hospital passará a ter 614 leitos hospitalares - 89% dos atendimentos realizados hoje na unidade são pelo SUS.

“Queremos a concretização da ampliação do Hospital Marieta, com o dobro de leitos, sendo o maior hospital de Santa Catarina e atendendo a população dos 11 municípios da região da Amfri com a qualidade que ela merece”, afirma Anna Carolina.

Prevenção contra o câncer

A deputada também cobra do governo do Estado a substituição do atual aparelho de mamografia instalado no Hospital Marieta, que é analógico, por um equipamento digital. Cerca de 200 mulheres fazem exame de mamografia todos os meses na unidade.

Além de melhorar a qualidade da imagem, o equipamento digital é mais muito mais ágil.

“Estamos falando de um equipamento que custa cerca de R$ 800 mil, que produz imagens em 14 segundos, enquanto o atual, quando não está quebrado ou em manutenção, demora 30 minutos. O câncer de mama é o segundo tipo da doença que mais mata no Brasil. Atender mais mulheres, significa salvar mais vidas”, afirmou a deputada na tribuna da Assembleia Legislativa.


Fonte: Assessoria de Comunicação


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade