Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Saúde
Casos de covid-19 continuam crescendo em Santa Catarina que agora acumula 5 mortes

Fique em casa para não correr o risco de morrer por falta de assistência médico-hospitalar

Sexta, 3/4/2020 7:49.
Reprodução
Recado da prefeitura de Santana do Manhuaçu (MG) é reto e claro. Fique em casa para não correr o risco de morrer.

Publicidade

A quantidade de pacientes confirmados com covid-19 em Santa Catarina aumentou 14%, chegando a 281, e o de mortes pulou de 2 para 5 nesta quinta-feira (2).

O número de casos confirmados não espelha a realidade, é apenas uma fração dos infectados porque apenas os pacientes internados são testados e há centenas de casos esperando a realização dos testes.

Por falta de recursos materiais e humanos as autoridades perderam o controle sobre a doença que tem casos registrado em Santa Catarina há apenas 21 dias.

Os infectologistas emitem previsões que colocam o pico de casos da doença entre início de abril e meados de maio o que leva a crer que essas estimativas não passam de palpites bem intencionados.

Se houver o pico nos próximos dias, dependendo da sua intensidade, Santa Catarina não terá estrutura médico-hospitalar para atender a todos os pacientes.

As três novas mortes confirmadas são de uma mulher de 87 anos que estava internada em São José, um homem de 73 anos de Criciúma e uma mulher de 66 anos do município de Antônio Carlos, que estava internada no Hospital Municipal de Biguaçu.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução
Recado da prefeitura de Santana do Manhuaçu (MG) é reto e claro. Fique em casa para não correr o risco de morrer.
Recado da prefeitura de Santana do Manhuaçu (MG) é reto e claro. Fique em casa para não correr o risco de morrer.

Casos de covid-19 continuam crescendo em Santa Catarina que agora acumula 5 mortes

Fique em casa para não correr o risco de morrer por falta de assistência médico-hospitalar

Publicidade

Sexta, 3/4/2020 7:49.

A quantidade de pacientes confirmados com covid-19 em Santa Catarina aumentou 14%, chegando a 281, e o de mortes pulou de 2 para 5 nesta quinta-feira (2).

O número de casos confirmados não espelha a realidade, é apenas uma fração dos infectados porque apenas os pacientes internados são testados e há centenas de casos esperando a realização dos testes.

Por falta de recursos materiais e humanos as autoridades perderam o controle sobre a doença que tem casos registrado em Santa Catarina há apenas 21 dias.

Os infectologistas emitem previsões que colocam o pico de casos da doença entre início de abril e meados de maio o que leva a crer que essas estimativas não passam de palpites bem intencionados.

Se houver o pico nos próximos dias, dependendo da sua intensidade, Santa Catarina não terá estrutura médico-hospitalar para atender a todos os pacientes.

As três novas mortes confirmadas são de uma mulher de 87 anos que estava internada em São José, um homem de 73 anos de Criciúma e uma mulher de 66 anos do município de Antônio Carlos, que estava internada no Hospital Municipal de Biguaçu.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade