Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Política
Carlos Humberto deixa a Secretaria do Planejamento de Balneário Camboriú

Ele deixa o cargo no momento em que Secretaria será investigada por CPI

Sexta, 21/2/2020 9:59.
Facebook pessoal.
Carlos Humberto, quando estava em campanha para deputado estadual

Publicidade

O “Blog do Pepa” informou ontem (20) à noite que o vice-prefeito de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Silva, está deixando a Secretaria do Planejamento de Balneário Camboriú no começo de março.

Pepa (o jornalista Pedro Paulo Gonçalves) que foi assessor de comunicação de Carlos Humberto, escreveu inicialmente que o motivo da saída foi a “falta de iniciativa do prefeito em acabar com o fogo amigo do primeiro escalão” em torno do nome do secretário.

Mais tarde, Pepa publicou uma segunda versão, a que Carlos Humberto necessita de umas férias para se dedicar à família e marcou uma viagem para o mês de março. Frisou também que devido ao ano eleitoral, necessita de tempo para se dedicar ao seu partido, o PL.

Ao jornalista Nilton Bleichvel, Carlos Humberto declarou que estava com as férias familiares marcadas e logo na volta, em abril, ele precisaria deixar o cargo para concorrer às eleições.

Em verdade os secretários municipais, para concorrerem a prefeito ou vice, devem deixar o cargo quatro meses antes da eleição, portanto Carlos Humberto poderia ficar mais três meses à frente da secretaria.

Seja qual for o motivo, o vice-prefeito está deixando o Planejamento no momento em que a Câmara de Vereadores aprovou CPI para investigar supostas irregularidades naquela Secretaria.

A reportagem consultou o vice-prefeito e ele disse que "preciso sair para cumprir obrigação eleitoral no início de abril, para não ficar inelegível. Como pretendo estar viajando, solicitei que o gabinete faça (o desligamento)antes da minha viagem.".

Consultada, a assessoria do prefeito até o momento não se manifestou.

PREOCUPAÇÃO

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil, Nelson Nitz, disse ao Página 3 na manhã de hoje que o setor produtivo ficou preocupado porque diversas obras importantes de infraestrutura estavam sendo conduzidas por Carlos Humberto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Facebook pessoal.
Carlos Humberto, quando estava em campanha para deputado estadual
Carlos Humberto, quando estava em campanha para deputado estadual

Carlos Humberto deixa a Secretaria do Planejamento de Balneário Camboriú

Ele deixa o cargo no momento em que Secretaria será investigada por CPI

Publicidade

Sexta, 21/2/2020 9:59.

O “Blog do Pepa” informou ontem (20) à noite que o vice-prefeito de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Silva, está deixando a Secretaria do Planejamento de Balneário Camboriú no começo de março.

Pepa (o jornalista Pedro Paulo Gonçalves) que foi assessor de comunicação de Carlos Humberto, escreveu inicialmente que o motivo da saída foi a “falta de iniciativa do prefeito em acabar com o fogo amigo do primeiro escalão” em torno do nome do secretário.

Mais tarde, Pepa publicou uma segunda versão, a que Carlos Humberto necessita de umas férias para se dedicar à família e marcou uma viagem para o mês de março. Frisou também que devido ao ano eleitoral, necessita de tempo para se dedicar ao seu partido, o PL.

Ao jornalista Nilton Bleichvel, Carlos Humberto declarou que estava com as férias familiares marcadas e logo na volta, em abril, ele precisaria deixar o cargo para concorrer às eleições.

Em verdade os secretários municipais, para concorrerem a prefeito ou vice, devem deixar o cargo quatro meses antes da eleição, portanto Carlos Humberto poderia ficar mais três meses à frente da secretaria.

Seja qual for o motivo, o vice-prefeito está deixando o Planejamento no momento em que a Câmara de Vereadores aprovou CPI para investigar supostas irregularidades naquela Secretaria.

A reportagem consultou o vice-prefeito e ele disse que "preciso sair para cumprir obrigação eleitoral no início de abril, para não ficar inelegível. Como pretendo estar viajando, solicitei que o gabinete faça (o desligamento)antes da minha viagem.".

Consultada, a assessoria do prefeito até o momento não se manifestou.

PREOCUPAÇÃO

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil, Nelson Nitz, disse ao Página 3 na manhã de hoje que o setor produtivo ficou preocupado porque diversas obras importantes de infraestrutura estavam sendo conduzidas por Carlos Humberto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade