Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Meio Ambiente
Guarda Ambiental captura jararaca em Balneário Camboriú

Quarta, 26/2/2020 11:11.
Divulgação/Corpo Bombeiros

Publicidade

Na manhã de terça-feira (25), o Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal de Balneário Camboriú capturou uma jararaca em uma casa no Bairro Pioneiros, que fica ao lado do Núcleo de Educação Infantil Pioneiros.

A jararaca tem em torno de 120 centímetros e havia se alimentado recentemente, por conta do volume de seu estômago. A informação foi confirmada pelo solicitante, que também é fotógrafo e conseguiu flagrar a cena da jararaca comendo um rato.

A cobra foi capturada pelos guardas da forma menos estressante possível, para que o animal não regurgitasse sua alimentação. Na sequência, foi encaminhada para o Complexo Ambiental Cyro Gevaerd (Zoológico da Santur), onde passará por uma avaliação de especialistas e logo em seguida será solta em seu habitat natural.

Atenção

A Guarda Ambiental orienta que a população mantenha seu terrenos limpos, principalmente os próximos de morros, para que ratos e sapos não se proliferem nesses locais, vindo a se tornar alimento para essas cobras que saem de seu habitat em busca de comida – como neste caso, evitando assim acidentes. Caso seja picado por cobras, procure um hospital o mais rápido possível para o tratamento.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação/Corpo Bombeiros

Guarda Ambiental captura jararaca em Balneário Camboriú

Publicidade

Quarta, 26/2/2020 11:11.

Na manhã de terça-feira (25), o Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal de Balneário Camboriú capturou uma jararaca em uma casa no Bairro Pioneiros, que fica ao lado do Núcleo de Educação Infantil Pioneiros.

A jararaca tem em torno de 120 centímetros e havia se alimentado recentemente, por conta do volume de seu estômago. A informação foi confirmada pelo solicitante, que também é fotógrafo e conseguiu flagrar a cena da jararaca comendo um rato.

A cobra foi capturada pelos guardas da forma menos estressante possível, para que o animal não regurgitasse sua alimentação. Na sequência, foi encaminhada para o Complexo Ambiental Cyro Gevaerd (Zoológico da Santur), onde passará por uma avaliação de especialistas e logo em seguida será solta em seu habitat natural.

Atenção

A Guarda Ambiental orienta que a população mantenha seu terrenos limpos, principalmente os próximos de morros, para que ratos e sapos não se proliferem nesses locais, vindo a se tornar alimento para essas cobras que saem de seu habitat em busca de comida – como neste caso, evitando assim acidentes. Caso seja picado por cobras, procure um hospital o mais rápido possível para o tratamento.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade