Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Osmar de Miranda assume esportes municipais com agenda cheia

Segunda, 17/2/2020 13:50.
Divulgação
Mazinho atuou como quarto árbitro no jogo Marcílio Dias x Figueirense, sábado (15).

Publicidade

O diretor técnico Osmar de Miranda (Mazinho) assumiu a superintendência da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), porque a titular Mariana Dalvesco se desligou do cargo, porque é pré-candidata a uma vaga legislativa. Mazinho começou como estagiário, foi coordenador e diretor técnico até semana passada, quando assumiu interinamente a chefia dos esportes municipais. Mazinho é formado em Educação Física e desde 2014 atua como árbitro da Federação Catarinense de Futebol.

Ele disse que vai dar continuidade a todos os projetos em andamento e destacou várias demandas importantes, como a reforma do ginásio da Barra (G3), reforma do ginásio das Nações, reforma da pista de bicicross, licitar e iniciar a reforma do campo do bairro dos Municípios, fazer o segundo edital do Fundesporte (o primeiro já está tramitando com R$ 300 mil). O segundo terá R$ 200 mil para as entidades e R$ 100mil paras pessoas físicas) e dar andamento aos trâmites do programa Bolsa Atleta, que encerrou as inscrições na sexta-feira (14).

“Tivemos 297 inscritos no edital, um número considerável e o que chamou atenção foi o elevado número de atletas que estavam em outros municípios migrando para Balneário Camboriú. Isso acontece porque nossa estrutura de trabalho é muito boa, vamos para os jogos regionais, estaduais, disponibilizamos transporte, alimentação, hospedagem. No dia-a-dia nossa qualidade de serviço é muito boa para os treinamentos, com ginásios limpos, material bom, isso fez com que as inscrições aumentassem consideravelmente. Em 2019 tivemos 184 contemplados e em 2020 foram 297 inscritos”, comparou Mazinho.

Agora o edital vai para o Conselho Municipal de Esportes, onde a comissão especial do Conselho, assessorada por um membro da Fundação, faz a avaliação dos inscritos e depois sai o primeiro resultado. Depois tem o prazo de recurso, dois dias e uma nova análise das bolsas indeferidas após o recurso para então conhecer o resultado final.

A divulgação dos atletas beneficiados será realizada no dia 10 de março, e a assinatura dos contemplados do dia 11 a 13 de março.

O edital, lançado no dia 15 de janeiro, dividirá R$ 1,1 milhão, entre os atletas contemplados.

Modalidades

Olímpicas - atletismo, basquetebol, boxe, ciclismo, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, taekwondo, tênis de mesa, triathlon, voleibol e vôlei de praia. Paralímpicas - atletismo, basquetebol, bocha, ciclismo, futsal, handebol, tênis de mesa e xadrez.

Não olímpicas - futsal, karatê,bocha, jiu-jitsu, kung-fu wushu, surf, skate e xadrez.

Informações - Fundação Municipal de Esportes (47) 3360-0444


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Mazinho atuou como quarto árbitro no jogo Marcílio Dias x Figueirense, sábado (15).
Mazinho atuou como quarto árbitro no jogo Marcílio Dias x Figueirense, sábado (15).

Osmar de Miranda assume esportes municipais com agenda cheia

Publicidade

Segunda, 17/2/2020 13:50.

O diretor técnico Osmar de Miranda (Mazinho) assumiu a superintendência da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), porque a titular Mariana Dalvesco se desligou do cargo, porque é pré-candidata a uma vaga legislativa. Mazinho começou como estagiário, foi coordenador e diretor técnico até semana passada, quando assumiu interinamente a chefia dos esportes municipais. Mazinho é formado em Educação Física e desde 2014 atua como árbitro da Federação Catarinense de Futebol.

Ele disse que vai dar continuidade a todos os projetos em andamento e destacou várias demandas importantes, como a reforma do ginásio da Barra (G3), reforma do ginásio das Nações, reforma da pista de bicicross, licitar e iniciar a reforma do campo do bairro dos Municípios, fazer o segundo edital do Fundesporte (o primeiro já está tramitando com R$ 300 mil). O segundo terá R$ 200 mil para as entidades e R$ 100mil paras pessoas físicas) e dar andamento aos trâmites do programa Bolsa Atleta, que encerrou as inscrições na sexta-feira (14).

“Tivemos 297 inscritos no edital, um número considerável e o que chamou atenção foi o elevado número de atletas que estavam em outros municípios migrando para Balneário Camboriú. Isso acontece porque nossa estrutura de trabalho é muito boa, vamos para os jogos regionais, estaduais, disponibilizamos transporte, alimentação, hospedagem. No dia-a-dia nossa qualidade de serviço é muito boa para os treinamentos, com ginásios limpos, material bom, isso fez com que as inscrições aumentassem consideravelmente. Em 2019 tivemos 184 contemplados e em 2020 foram 297 inscritos”, comparou Mazinho.

Agora o edital vai para o Conselho Municipal de Esportes, onde a comissão especial do Conselho, assessorada por um membro da Fundação, faz a avaliação dos inscritos e depois sai o primeiro resultado. Depois tem o prazo de recurso, dois dias e uma nova análise das bolsas indeferidas após o recurso para então conhecer o resultado final.

A divulgação dos atletas beneficiados será realizada no dia 10 de março, e a assinatura dos contemplados do dia 11 a 13 de março.

O edital, lançado no dia 15 de janeiro, dividirá R$ 1,1 milhão, entre os atletas contemplados.

Modalidades

Olímpicas - atletismo, basquetebol, boxe, ciclismo, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, taekwondo, tênis de mesa, triathlon, voleibol e vôlei de praia. Paralímpicas - atletismo, basquetebol, bocha, ciclismo, futsal, handebol, tênis de mesa e xadrez.

Não olímpicas - futsal, karatê,bocha, jiu-jitsu, kung-fu wushu, surf, skate e xadrez.

Informações - Fundação Municipal de Esportes (47) 3360-0444


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade