Jornal Página 3

Coleta de ostras e mariscos segue proibida em Penha, BC e Bombinhas
Divulgação/Epagri

Segunda, 13/11/2017 8:28.

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca comunicou que continuam interditadas as áreas de cultivos de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões das localidades de Praia Alegre, Armação do Itapocorói, Canto da Praia, Zimbros e Canto Grande – nos municípios de Penha, Balneário Camboriú e Bombinhas devido à presença de toxina paralisante.

O cultivo e a venda de ostras e mariscos do restante do litoral catarinense está livre da toxina e liberado para consumo.

A presença da toxina é rara e vem sendo acompanhada pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) desde o dia 19 de outubro.

De forma preventiva, a Cidasc recomendou a interdição de todo o litoral e vem liberando as áreas livres de contaminação. O monitoramento continua.

Santa Catarina é o único Estado do país que realiza o monitoramento permanente das áreas de cultivo através do Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos. Esse programa existe em todos os países que possuem uma produção expressiva de moluscos, e é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva.


Publicidade


Colunistas
por Augusto Cesar Diegoli
por Carlos Mayer
por Enéas Athanázio
por Céres Fabiana Felski
por Marlise Schneider
por Fernando Baumann
Cidade

Trovoada foi rápida e intensa


Policia

Tititi, o dono, é uma lenda no mundo circense  


Empregos

Os rendimentos brutos iniciais ficam entre R$ 1,8 mil e R$ 3,1 mil


Geral

Média esperada para o mês era 186mm 


Cidade

Hoje a legislação não proíbe fazer churrasco ou feijoada na faixa de areia 


Cultura

Atração agrada moradores e turistas no verão


Cidade

Posse foi determinada por decisão judicial


Guia Legal BC

Cantora apresenta primeiro trabalho autoral em show gratuito no Teatro 


Guia Legal BC


Tecnologia

Portal tem opção de compartilhar o aluguel    


Justiça

Ele é filho do conhecido advogado Linésio Laus