Jornal Página 3

Sechobar lembra crianças desaparecidas neste 12 de outubro
Ícaro está desaparecido há mais de um ano
Ícaro está desaparecido há mais de um ano

Quarta, 11/10/2017 13:33.

Que tal fazer uma campanha diferente neste dia das crianças? Vamos trocar as fotos de perfis por fotos de crianças desaparecidas? Foi com este questionamento que a presidente do Sechobar Olga Ferreira idealizou uma campanha diferente das habituais festas neste dia dedicado às crianças.

“Nossa iniciativa é para darmos vez às famílias que sofrem com o desaparecimento dos seus filhos, que choram o sumiço das crianças, sem notícias, sem pistas. As redes sociais são uma excelente ferramenta para divulgarmos a foto dessas crianças e quem sabe, assim possamos ajudar a encontrar essas crianças desaparecidas”, sugeriu Olga.

O menino Ícaro

A campanha lembra que em Santa Catarina existem hoje 17 crianças desaparecidas, entre elas, o menino Ícaro Alexandre Pereira, de Balneário Camboriú, desaparecido desde 9 de fevereiro do ano passado. O processo foi arquivado por insuficiência de provas em agosto do ano passado.

O advogado Frederico Gebauer, irmão de Alois Gebauer, padrasto de Ícaro, que chegou a ser preso como suspeito dias depois do sumiço do garoto que tinha 7 anos, disse ao Página3 nesta manhã que desde agosto do ano passado até abril deste ano fez vários pedidos de diligência e perícia no processo, mas não obteve sucesso. “Ainda tinha muita coisa para investigar”, afirmou.

“Nós queremos reabrir o processo por dois motivos: primeiro, para realmente saber o que houve e se o menino estiver vivo, chegar até ele e segundo, para enterrar definitivamente a possibilidade de Alois ter feito alguma coisa contra o garoto, porque ele não fez”, disse o advogado.

A campanha

Estatísticas oficiais mostram que no Brasil desaparecem 250 mil pessoas por ano, das quais 40 mil são crianças e adolescentes.

“Quando chega o dia das crianças, é comum vermos nas redes sociais a troca da foto dos perfis dos usuários: fotos de quando eram pequenos. É comum vermos também campanhas de arrecadação de brinquedos ou a realização de festas beneficentes para que todas as crianças tenham um dia feliz. Pelo menos as que estão no aconchego do lar. Troque a foto de perfil por uma de criança desaparecida e use #CriançaDesaparecidaMasNãoEsquecida e divulgue também o telefone 181 para quem tiver informações”, convidou a presidente do Sechobar a toda comunidade participar da campanha.

A campanha relaciona os diversos sites especializados em pessoas desaparecidas, de onde poderão ser copiadas as fotos: www.pm.sc.gov.br/desaparecidos

http://desaparecidos.pc.sc.gov.br/desaparecidosSite/

www.desaparecidosdobrasil.org

www.delegacia.cnpd.org

www.desaparecidos.gov.br


Publicidade


Colunistas
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
por Saint Clair Nickelle
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
Educação

Documemnto define o que as escolas brasileiras devem ensinar a cada ano 


Cidade

PIB cresceu forte sob Pavan e Spernau e desacelerou entre 2010 e 2015


Cidade

Crise econômica impacta negativamente nas contas públicas  


Cidade


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Publicidade