Jornal Página 3

Futsal feminino de Balneário é o melhor do Estado

Quinta, 7/12/2017 8:23.

A equipe de futsal feminino do Balcam/FME conquistou um título inédito nesta semana para Balneário Camboriú: campeã da Liga Catarinense de Futsal Sub-20 e nesta sexta-feira (8) vai em busca de mais um, a Liga Catarinense Sub-17. A final será disputada em Chapecó. No primeiro jogo o Balcam/FME venceu por 3x1, portanto entrará em quadra com vantagem de dois gols.

O time Sub-20 comemorou o título e o troféu jogando em casa, no ginásio Multieventos da Barra (4). O segundo jogo da final foi difícil. A equipe da casa venceu Criciúma por 4x2, mesmo placar da primeira partida da fase final. Para chegar ao título o time de Balneário fez cinco vitórias, dois empates e uma derrota.

O técnico campeão Leandro Aguiar está comemorando o título, reconheceu o empenho, mas disse que foi um ano difícil.

“Enfrentamos muitas situações burocráticas que atrapalharam o processo, mas com muito empenho de todos chegamos a esse título inédito”, disse.

As atletas e o técnico, de azul

Além do título ele destacou mais duas conquistas do time: Ana Luiza Almeida do Nascimento, artilheira do campeonato com 14 gols e Talita Cavalheiro, goleira menos vazada, sofreu 18 gols em oito jogos.

O técnico também enfatizou o trabalho dos professores que trabalham no projeto da FMEBC, nas várias categorias (Sub-13/Sub-15/Olesc/Sub-17/Sub-20 e Joguinhos): Denilson Aguiar, Cassio Cunha, Rafael Martins, Reraldi Brumatti Higuchi Aline Cristina Grinwald.

Títulos

“Este ano fomos vice-campeões dos Jogos Escolares, 15 a 17 anos; bronze nos Joguinhos Abertos; campeões estaduais Sub-20 e campeões ou vice estaduais Sub-17 (decisão é nesta sexta)”, disse Aguiar.

Planos

Em 2018 os planos são de fortalecer a categoria adulto e focar no campeonato estadual de futebol de campo.

“Para isso precisamos fortalecer a estrutura, buscar parceiros para isso, ainda não sabemos como será o Bolsa-Atleta nem o Fundesporte, nada foi comentado ainda, são coisas que atrasaram esse ano e atrapalharam o processo, mas quando vieram foram e são muito importantes para o nosso esporte”, colocou o treinador.

Titulares lesionadas não puderam jogar

Elas esperam por cirurgia que não podem pagar

Duda e Petucha com os joelhos lesionados curtindo o troféu.

Duas titulares do Balcam/FMEBC não puderam jogar a fase decisiva da Liga Catarinense, porque estão lesionadas e aguardam há meio ano por uma cirurgia que não podem pagar.

Na segunda-feira (4) quando a equipe conquistou o título, elas estavam no ginásio e posaram para uma foto segurando o troféu.

“Foi uma mistura de sentimentos, ficamos felizes porque o título veio e tristes porque não pudemos jogar. Jogamos apenas a primeira fase da Liga”, disse a ala Valdineia Gomes Pereira, a Petucha, 18 anos, que rompeu o ligamento cruzado no joelho direito durante os Joguinhos Abertos em Caçador e desde então não pôde mais jogar.

Petucha é do interior paulista, joga há cinco anos pelo Balcam e há três está morando em Balneário.

“Jogo futsal desde criança e o meu técnico em São Paulo indicou para o técnico da Fundação. Nos dois primeiros anos eu vinha para competir e voltava, mas depois decidi morar aqui”, contou.

A goleira titular Eduarda Benitez, a Duda, 18 anos, está com uma lesão no menisco (joelho direito), que contraiu pouco antes dos Joguinhos em Caçador. Ela é de Belém do Pará e defende o Balcam há três anos.

Só cirurgia

Os dois casos são cirúrgicos. Os professores da Fundação pagaram exames (ressonância etc) e o diagnóstico indicou cirurgia, que tem custo alto e as atletas não podem pagar. Recorreram à FMEBC, mas ainda esperam por uma solução, o que está deixando as famílias preocupadas.

Segundo Petucha o diretor da Fundação Roberto Ferreira está ‘correndo atrás’, acompanha às atletas em consultas e exames, mas não consegue resolver.

“O médico disse que a minha recuperação pós cirurgia é de seis meses e da Duda 30 dias, isso quer dizer que se tivéssemos feito isso logo, já estaríamos de volta e poderíamos ter jogado o Catarinense”, disse Petucha.

O que diz a Fundação?

O superintendente da FMEBC Alessandro Kuehne disse ao Página3 que a cirurgia da jogadora Petucha está liberada, só falta marcar a data. Mas a cirurgia da goleira Duda ficará para o início do ano.


Publicidade


Colunistas
Cidade

 Abraço revelou realidade cruel contra os idosos 


Saúde

Fatma divulgou o resultado nesta sexta-feira. Dois pontos impróprios estão com solução em andamento. 


Educação

Documentos deveriam ser apresentados e não foram, prazo final é terça-feira.


Política


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Cidade

Prefeitura de Balneário Camboriú fará leilão no dia 13 de dezembro


Publicidade