Jornal Página 3
Academia da MENTE para memórias cansadas
Marlise Schneider/Página3

Trocar o nome dos filhos, esquecer onde largou a chave, procurar o óculos (muitas vezes ele está na cabeça), confundir datas, pedir aos netos para ajudar na internet e no celular...são comportamentos comuns em pessoas de mais idade e assim que eles começam a aparecer a resposta é a sempre mesma: a memória está falhando.

Cada vez mais pesquisas são feitas sobre o funcionamento do cérebro e novas descobertas vão surgindo. A internet está recheada de artigos que defendem como prioridade a ginástica cerebral. Os exercícios para a mente são simples. Por exemplo, mudar rotinas, fazer coisas diferentes, alterar hábitos (como escovar os dentes com a outra mão ou pentear os cabelos com a mão não habitual etc).

Outras sugestões para ‘ malhar’ o cérebro é fazer jogo da memória, dominó, baralho, xadrez, palavras cruzadas, estudar outra língua, aprender a tocar um instrumento, leitura sempre, decorar os telefones que mais usa sem olhar para a agenda, fazer compras sem olhar a lista (só no final para ver se esqueceu alguma coisa) etc.

Muitos fazem essa ginástica pensando em lazer, ter algo para fazer, nem imaginam a importância dela para a saúde mental e por consequência, para prevenir doenças degenerativas.

Academia da Mente

Foi pensando nisso que nasceu o projeto ‘ Academia da Mente’ na Secretaria da Pessoa Idosa. Em menos de dois meses, já tem cinco turmas: quatro na sede da secretaria e uma na Barra. A principal queixa é a memória falhando.

Os grupos são acompanhados pela psicóloga Caroline Baccin Testa e são dirigidos a pessoas que não evidenciam perdas cognitivas ou dificuldades mentais, mas que querem estimular a saúde mental e prevenir o declínio cognitivo que pode estar associado à idade.

É o caso da professora Isaltina Félix Lemos, 68, aposentada há 20 anos, que procurou a Academia da Mente porque sentiu necessidade de investir em memória.

“Faço pintura em tecido, tenho outras atividades, mas quero prevenir a memória, conhecer novos amigos, ter mais contato com outras pessoas”, disse.

A mineira Zulma Guedes, não trabalha fora, nem está aposentada. Mora há 20 anos em Balneário e procurou a Academia da Mente porque anda ‘ esquecida’ . “Não consigo guardar nomes, tenho um familiar com Alzheimer, estou convivendo com essa doença e fiquei assustada”, contou a dona de casa que além das atividades ‘ do lar’ pratica natação, hidro, pilates, ioga e faz alongamentos. “Também estou aqui para fazer amizades, memorizar o nome de todos e socializar”, destacou.

A professora Diva Petry, 71, é gaúcha, mora em Balneário Camboriú há 14 anos e há três aposentou-se. Disse que procurou a Academia da Mente porque se sentia sozinha. “Faço exercícios, palavras cruzadas, leio muito, caminho na praia, mas são atividades solitárias. Aqui é um grupo, posso fazer novas amizades”, afirmou.

Estimular, socializar...

Segundo a psicóloga Caroline o principal objetivo é melhorar a qualidade de vida dos idosos, reforçando suas funções cognitivas. “Estimulando evitamos o agravamento, mas além disso, os encontros servem para socializar, fazer novas amizades, formar grupos de contato como whatts, enfim ocupar o tempo e tudo isso junto exercita a mente”, explicou.

As mulheres são maioria nos grupos, mas tem alguns homens participando também. Vários assuntos entram em discussão nos encontros, como sexualidade, emagrecimento, ansiedade, solidão.No primeiro encontro é aplicado um mini exame do estado de saúde mental para avaliação. “Se detectada a necessidade, encaminhamos a pessoa para um especialista. Até agora apenas uma pessoa foi encaminha”, contou Caroline.

Os grupos são abertos e a medida que a demanda aumentar, novas turmas serão formadas. Os encontros são semanais com duração de 90 minutos. Informações: Rua 1822, 614. Telefone 32615300.

O que pode melhorar a memória?

Livros e artigos que circulam na internet e no facebook sugerem exercícios que podem ajudar a melhorar a memória. Acompanhe:

*Exercitar a mente

Ao entrar numa sala com muita gente, tente contar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os. Tente adivinhar quem está ao telefone antes de perguntar quem é, apenas pela voz. Antes de dormir, reconstrua mentalmente o fato mais importante do dia, logo ao acordar remonte seu sonho. Ao ouvir uma palavra diferente, pense em outras cinco começando com a mesma letra, escreva uma lista de supermercado e faça toda a compra sem olhar pra ela (conferindo apenas no final).

*Exercitar o corpo

O exercício físico regular melhora o cérebro, o sono, os sintomas de ansiedade e depressão, promove a liberação de substâncias como endorfinas, serotonina e dopamina, melhorando a atenção, a concentração, a memória e o raciocínio. A atividade física reduz o peso, controla o diabetes e a hipertensão e reduz os níveis de colesterol.

*Dormir e sonecar

O sono é essencial para fixação das atividades do dia anterior e prepara o cérebro para as atividades mentais do dia seguinte. Não deixe também de tirar aquela ‘soneca’ depois do almoço, não mais que 30 ou 40 minutos, para o cérebro ter um bom rendimento no período da tarde.

*Fazer jogos

Jogos infantis como da memória e quebra-cabeças exigem que o cérebro trabalhe a concentração. Compre um desses jogos e controle o tempo que levou para encaixar as peças ou descobri-las. E depois, repita novamente e veja o quanto você progrediu. Outros jogos que ajudam também são xadrez, palavras cruzadas, sudoku, dominó, jogos de perguntas e respostas e mesmo jogos de cartas.

*Boa alimentação

Mantenha uma alimentação equilibrada, controle o seu peso, faça avaliação médica periódica e evite o tabagismo e outras drogas. A melhor recomendação para manter uma boa memória é cuidar bem da sua saúde.

*Muita leitura

A leitura é uma das atividades cerebrais mais completas, pois estimula todo o processo da memória. Vivencie a leitura, remonte a história, visualize os personagens e as cenas. Leia livros, revistas, jornais, e-mails, cartas antigas. Leia.


Sexta, 19/5/2017 18:34.




Agora Balneario

Veja a transcrição dos diálogos que constam da denúncia da Operação 30 Graus 


Impresso

Edição mergulha nos acontecimentos de maio: veja onde adquirir o seu exemplar 


Geral

Jornalistas têm sigilo de fonte, um direito constitucional inalienável 


Cidade

PM conclama sociedade para defender acusados e ADEPOL apoia delegado responsável


Esportes


Especial

Reportagem especial ouviu alguns dos nomes que fizeram história na cidade


Geral

Quatro praias agrestes e a Barra Sul farão parte do evento


Publicidade

E tenha acesso a conteúdos exclusivos bem antes de cair na rede


Colunistas

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Fale Conosco - Anuncie neste site - Normas de Uso
© Desenvolvido por Pagina 3

Endereco: Rua 2448, 360 - Balneario Camboriu - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br