Jornal Página 3
Colunistas
Cidade

Município terá autonomia para realizar concessões e permitir eventos


Policia

Objetivo é passar por todos os bairros antes do verão


Saúde

Saúde reativou a programação após revogação de liminar


Geral


Geral


Cultura

Projeções são gratuitas e acontecem nos meses de outubro, novembro e dezembro


Publicidade

Resort de Balneário Camboriú terá programação especial para crianças e adultos


publicidade

Após um ano tramitando, poder público aprova projeto de hotel
Divulgação CVBC

Após um ano tramitando na prefeitura e na Câmara foi aprovado ontem o projeto que autoriza a Haifa Administradora Ltda. (Rede Pires de hotéis) a construir o Hotel Ibis Budget. Só no Legislativo o projeto demorou seis meses.

O comportamento do poder público vai na contramão do discurso de incentivo ao empreendedorismo defendido por nossos políticos em palanques e não praticado após serem eleitos.

Ontem na Câmara, em sessão que passou das 22h, diversos vereadores discursaram que defendiam e apoiavam os empreendedores, verborragia contrária à realidade porque foram esses mesmos vereadores que participaram do retardamento do projeto do hotel durante meses.

Os vereadores Nilson Probst e Juliethe Nitz aprovaram emenda que remete ao Executivo definir as medidas mitigatórios e compensatórias que a Rede Pires deverá arcar para construir o hotel.

O Executivo havia decidido que não reveria casos como esse, onde as referidas medidas foram definidas pelo Conselho da Cidade, agora terá que rever.

Este é outro ponto que atrasa o empreendedorismo em Balneário Camboriú, as medidas compensatórias e mitigatórias estão sendo discutidas há três anos e o governo atual, em 10 meses, ainda não conseguiu definir um padrão a ser adotado.

É um caso claro de falta de visão do que é prioritário porque a falta dessa lei só serve para atrasar o desenvolvimento econômico da cidade.

Outro projeto importante atrasado

O projeto que autoriza a construção do edifício H. Pio Infinity Business, de propriedade da empresa H. Pio, foi apresentado em plenário, último passo antes de ser levado à votação que deve ocorrer nas próximas sessões.

Essa empresa, dos descendentes do primeiro prefeito eleito da cidade, Higino Pio, também espera há um ano pelo poder público, sendo que nos últimos seis meses ele tramitou na Câmara de Vereadores.

A empresa está concluindo a última obra em andamento, tinha duas aguardando liberação (a outra continua na Câmara há seis meses) e teria que parar suas atividades, expondo ao desemprego uma centena de funcionários.  
 


Quinta, 12/10/2017 8:03.


publicidade






publicidade





Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br